O objetivo deste concurso anual em Tóquio, no Japão, é fazer os bebés chorar. E ganha o que conseguir fazê-lo de forma mais sonora e prolongada.

Manda a tradição que durante o «Nakizumo», ou, na tradução literal, concurso de bebés chorões, no templo de Sensoji, os protagonistas, levados ao colo por lutadores de sumo amadores, sejam colocados frente a frente para determinar o vencedor, muitas vezes contra vontade (neste caso é preciso recorrer a um juiz com máscaras assustadoras).

A cerimónia visa também celebrar o crescimento saudável dos bebés. E cerca de 120 não faltaram à chamada.