A luta por audiências no Paquistão, durante o período do Ramadão, é feroz e os canais de televisão vêem-se obrigados a inovar para atrair espetadores. Este ano, o programa «Amaan Ramazan» decidiu oferecer bebés abandonados como prémio. Os destinatários são casais que não conseguem ter filhos, escreve o jornal britânico «The Telegraph».

O talk-show, apresentado por Aamir Liaguat Hussain, um dos mais populares no país, tem por hábito oferecer prémios como televisores, carros e tablets. Mas agora, para concorrer com os adversários, decidiu oferecer bebés a pais inférteis e já «deu» duas crianças.

No passado domingo, Hussain deu uma bebé a um casal que tentava ter um filho há 14 anos. «Esta menina foi metida no caixote do lixo. Vejam como ela é bonita e inocente», afirmou o apresentador. A mulher respondeu que aquele «era um presente do Ramadão», escreve o «The Telegraph».

O abandono de crianças no país é frequente, principalmente por causa de nascimentos fora do casamento. Centenas de bebés são abandonados todos os meses, sobretudo meninas.

Os bebés entregues a estas famílias, tinham sido resgatados por uma organização não governamental que acolhe crianças abandonadas, a Chhipa Welfare Association.

Muhammad Ramzan Chhipa, que lidera a organização, não quis comentar ao «The Telegraph» como eram escolhidos os «pais adotivos» para o programa, mas garantiu que estes já tinham contatado a instituição com o intuito de adotar um bebé.

Podem ser vistas fotografias do programa na página oficial do programa.