Bebé de nove meses acusado de tentativa de homicídio

Menino paquistanês identificado depois de a família ter atirado pedras a agentes que tentavam cobrar uma conta de gás

Por: tvi24 / MM    |   5 de Abril de 2014 às 13:27
Um menino paquistanês de apenas nove meses foi identificado e acusado de tentativa de homicídio, em Lahore, depois de a família ter recebido à pedrada agentes da polícia e um oficial de justiça que tentavam cobrar uma conta de gás.

O caso aconteceu a 1 de fevereiro, relata a CNN, citando um alto responsável da polícia de Lahore, quando vários polícias e um oficial de justiça foram a uma casa para tentar cobrar uma conta de gás. De acordo com a polícia, o pai da criança, um dos filhos adolescentes e outras pessoas da família ainda por identificar feriram gravemente alguns dos agentes, lançando-lhes pedras.

As autoridades investigaram toda a gente na casa. A CNN adianta que o documento da acusação fala em apedrejamento e tentativa de homicídio, mas não deixa claro porque é que o bebé de nove meses está implicado.

O bebé compareceu em tribunal na última quarta-feira ao colo do avô.

Após a cobertura mediática do caso, um oficial da polícia foi suspenso por registar a acusação contra o bebé.
PUB
EM BAIXO: Justiça
Justiça

COMENTÁRIOS

PUB
Grécia pode receber créditos de emergência para evitar "crise humanitária"

Presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, admite conceder créditos de emergência ao país helénico como medida de transição. Schulz diz que Alexis Tsipras conduziu os gregos a um beco sem saída, mas que a população "não tem culpa disso". Na véspera da realização do referendo que pode ditar o futuro da Grécia, o clima de tensão mantém-se. O ministro das Finanças alemão admite que os gregos poderão estar a escolher entre o euro e o dracma. Já Yanis Varoufakis diz que o que a Europa está a fazer à Grécia é "terrorismo"