logotipo tvi24

Bebé de nove meses acusado de tentativa de homicídio

Menino paquistanês identificado depois de a família ter atirado pedras a agentes que tentavam cobrar uma conta de gás

Por: tvi24 / MM    |   2014-04-05 13:27

Um menino paquistanês de apenas nove meses foi identificado e acusado de tentativa de homicídio, em Lahore, depois de a família ter recebido à pedrada agentes da polícia e um oficial de justiça que tentavam cobrar uma conta de gás.

O caso aconteceu a 1 de fevereiro, relata a CNN, citando um alto responsável da polícia de Lahore, quando vários polícias e um oficial de justiça foram a uma casa para tentar cobrar uma conta de gás. De acordo com a polícia, o pai da criança, um dos filhos adolescentes e outras pessoas da família ainda por identificar feriram gravemente alguns dos agentes, lançando-lhes pedras.

As autoridades investigaram toda a gente na casa. A CNN adianta que o documento da acusação fala em apedrejamento e tentativa de homicídio, mas não deixa claro porque é que o bebé de nove meses está implicado.

O bebé compareceu em tribunal na última quarta-feira ao colo do avô.

Após a cobertura mediática do caso, um oficial da polícia foi suspenso por registar a acusação contra o bebé.

Partilhar
EM BAIXO: Justiça
Justiça

Estudo conclui: o tamanho (do dedo) importa
Estudo mostra relação entre o tamanho do dedo indicador direito masculino e a dimensão dos testículos
Deixou de ser rainha da beleza, mas não entrega a coroa
Organização do «Miss Asia Pacific World» retirou o título à vencedora e acusou-a de ter fugido com a tiara. May Myat Noe nega as acusações
Eles sobem a arranha-céus para tirar selfies
Nova tendência da fotografia nas redes sociais implica edifícios vertiginosos e as melhores vistas das cidades
EM MANCHETE
«Eu estou de volta, Obama»
Jihadistas do Estado Islâmico divulgam novo vídeo com decapitação do jornalista Steven Sotloff. Carrasco parece ser o mesmo homem britânico
Cavaco recorda as suas palavras sobre o caso GES
«Lista de pedófilos é um incentivo à justiça popular»