A polícia tailandesa recuperou um diamante com seis quilates do intestino de uma mulher, que engoliu a pedra preciosa depois de a roubar numa Feira de Pedras Preciosas, em Banguecoque.

Jiang Xulian, de 39 anos, e o seu cúmplice, ambos de nacionalidade chinesa, foram presos no aeroporto daquela cidade, quando tentavam fugir do país. Um exame de raio-X comprovou a presença do diamante no estômago da mulher.

O caso coincidiu com uma denúncia, que reportava o desaparecimento de um diamante da Feira de Pedras Preciosas e Joalharia de Bangcoque, no valor de 248.000 euros. Alegadamente, o par terá trocado o diamante por uma imitação quando pediu para analisar a pedra preciosa.

Depois de ser detida, a mulher recusou-se a comer, bebendo apenas água. A polícia deu-lhe laxantes para tentar acelerar o processo de digestão, mas foram precisos três dias para conseguir recuperar o diamante.

A pedra preciosa deslocou-se do estômago para o intestino, o que permitiu que uma equipa médica a operasse e recuperasse o diamante.

Jiang e o parceiro vão ser julgados por roubo e enfrentam uma pena que pode ir até três anos de prisão.