Desde que um avião Boeing 787 Dreamliner da «Japan Airlines» fez uma aterragem de emergência por causa de um incêndio nas baterias, toda a frota daquele modelo está suspensa de voar. Incluindo os modelos do avião na «Air India», companhia a que pertence o piloto e agora rapper, Anjum Chabra.



O homem decidiu fazer um rap para explicar a sua situação atual como piloto da Air India, segundo notícia da «Bloomberg». Esta companhia ensina os pilotos a conduzirem apenas um modelo de avião.

Anjum Chabra, que aprendeu a pilotar o Boeing 787 deixou, então, de o poder fazer. Passa agora a maior parte do seu tempo a treinar em simuladores e a dar aulas a aspirantes a piloto.

Revoltado com a sua situação, Anjum canta: «Que tipo de piloto sou eu, que se senta em casa a maior parte do tempo e nunca voa».

Peter Harbison, presidente do conselho de administração da CAPA Centre for Aviation, em Sidney, justifica o facto de os pilotos não voarem desde o incidente: «Quando não sabes quando é que o avião vai estar pronto, não queres colocar os pilotos noutro modelo».

Os peritos ainda estão a investigar quais foram as causas para os incêndios nos aviões da «Japan Airlines».