Três anos depois da morte de Steve Jobs, Tim Cook ainda mantém o contacto do fundador da Apple no seu telemóvel. A informação é revelada num livro sobre Steve Jobs que foi lançado esta terça-feira.

Os autores, Brent Schlender e Rick Tetzeli, tem o objetivo de dar a conhecer aos leitores uma visão nunca revelada do fundador da Apple. Para isso, entrevistaram colegas e amigos íntimos, incluindo Tim Cook, e a própria mulher, Laurene Powell Jobs.

A história do contacto telefónico remonta a 2013 e aconteceu na festa de anos da mulher de Steve Jobs. O livro conta que o diretor criativo da Pixar, John Lasseter, se aproximou de Tim Cook para relembrar Jobs. «Sentes saudades do Steve? Tenho muitas saudades dele», disse Lasseter. Depois, o diretor criativo da Pixar mostrou a Tim Cook o registo do contacto do fundador da Apple no seu telemóvel.

De forma inesperada, Tim Cook tirou o seu telemóvel e mostrou a Lasseter exatamente a mesma coisa. Um episódio que é prova da forte amizade que unia Jobs o seu sucessor, Tim Cook.

No livro é ainda revelado que Cook ofereceu a Jobs uma parte do seu fígado, durante os tratamentos ao cancro.

Steve Jobs morreu aos 56 anos, em 2011, vítima de um cancro no pâncreas.