Maria Montenez-Colon, uma viúva norte-americana de 58 anos, ligou para o serviço de emergência da polícia a pedir... um homem para passar a noite na sua casa.

A americana do estado da Flórida, contactou as autoridades para denunciar o roubo do seu carro. Mas tudo não passou de uma mentira para conseguir que a polícia aparecesse na sua residência.

Depois do plano inicial ter falhado, Montenez-Colon voltou a telefonar. «Estou a precisar de alguém» foi a mensagem em tom trémulo que convenceu a polícia a aparecer. A americana estava longe de desconfiar que acabaria por ser detida. Os agentes consideraram as ações como «brincadeira para com a autoridade».

Maria Montenez-Colon divide agora a cela não com um amante, mas sim com com outras mulheres detidas.