Empregados da empresa alemã NPIRE construíram uma parede com 2,8 metros de altura e três metros de comprimento  inteiramente feita com «tijolos» de LEGO, para servir de divisória da entrada do escritório e da cozinha comum.

Segundo o «Huufington Post», foram utilizados na construção mais de 55 mil «tijolos», de 80 caixas novas, e algumas reutilizadas.

A escolha do material prendeu-se com dois fatores essenciais: fácil de desmontar, se necessário, e as cores dos LEGO trazem outra dinâmica que o branco comum não consegue. Poderíamos adicionar uma terceira, o facto de se tratar de um estúdio criativo, e a nova parede pode até funcionar como uma estratégia de marketing ao mostrar uma ideia que é ao mesmo tempo criativa e funcional.

O novo «empreendimento» terá custado cerca de 2500 euros.