Uma idosa de 84 anos, da região italiana de Campânia, pediu o divórcio ao marido de 88 anos por falta de sexo no casamento, de acordo com um jornal local.
 
A mulher, uma professora reformada, casada pela terceira vez, diz-se desapontada com o desempenho do atual marido.
 
De acordo com o Le Cronache del Salernitano, a queixosa alega que só tinha relações sexuais com o marido duas vezes por mês e que isso era manifestamente pouco para ela. Argumenta também que não tem de abdicar daquilo que lhe dá prazer só pela idade ou pelo facto de não ter netos.

Depois de falar com o advogado encarregado de mediar o conflito matrimonial, a mulher acabou por admitir que não tinha intenção de avançar com o pedido de divórcio, assumindo que tudo não passou de uma tentativa rocambolesca de convencer o marido a tomar viagra.

Uma tentativa, acrescente-se, falhada já que, segundo a mesma publicação, o marido alegou problemas de coração para não tomar o famoso "comprimido azul" e que, além disso, preferia jogar petanca com os amigos a ter relações sexuais com a mulher.