Os sabores nos menus apresentados em alguns pontos turísticos do Japão podem representar um desafio para o tradicional palato ocidental. E no que respeita aos gelados, a experiência pode ser tanto mais desconcertante. Camarão seco, língua de vaca, salada com pedaços de pepino, e mesmo cobra são apenas algumas das opções disponíveis, noticia a revista «Time». Uma delícia.

Citando o blogue Kotaku, a revista norte-americana chama a atenção para alguns dos mais estranhos sabores de sorvetes japoneses, que fazem parecer um trabalho amador os gelados produzidos com sabores tradicionais.

Enquanto no Japão, tal como nos EUA, a generalidade dos consumidores ainda prefere sabores simples como a baunilha e o chá verde, há uma abundância de pequenos fabricantes que produzem o chamado «gelado estranho», que pode ser de sabores como enguia, cerveja, barbatana de tubarão e ostra frita.

Os fabricantes artesanais de gelados nos Estados Unidos e na Europa procuram também eles criar sabores únicos, com ingredientes como o mel, microalgas ou o morango balsâmico com pimenta, por exemplo. Mas todos esses sabores pertencem ao espectro das sobremesas. No Japão, quando se trata de criar novidade nos sabores, ultrapassa-se em muito o paladar das sobremesas habituais. Imagine: gelado de polvo com molho de soja (com pedaços reais de polvo!), ou gelado de carne crua de cavalo. Há também gelado de asas de frango, o que, para os norte-americanos, com a aproximação da data do Super Bowl a 2 de fevereiro, pode não ser um sabor assim tão bizarro, afinal.