logotipo tvi24

Fisco dá prémio por sorteio a quem pedir fatura

As faturas devem ter número de contribuinte e pertencerem a contribuintes sigulares

Por: Redacção    |   2013-10-15 21:52

O Executivo pretende receber autorização legislativa para lançar um sorteio para a atribuição de um prémio aos cidadãos que peçam fatura com número de identificação fiscal, segundo a proposta de Orçamento de Estado para 2014 entregue na Assembleia da República.

«Fica o Governo autorizado a aprovar um regime que institua e regulamente a elaboração de um sorteio específico para a atribuição de um prémio às pessoas singulares com um número de identificação fiscal associado a uma fatura comunicada» à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), lê-se no documento.

Segundo a proposta do Executivo, «a atribuição do prémio visa, em conjunto com outras medidas, a prevenção da fraude e evasão fiscais, valorizando a atuação dos cidadãos na exigência de fatura comprovativa da existência de uma operação tributável localizada em território nacional».

Quanto ao valor total dos prémios a atribuir, o mesmo «deve ficar legalmente estabelecido», em cada ano.

«O valor anual dos prémios deve ser suportado como despesa inscrita no Orçamento de Estado ou como abatimento à receita do IVA» e «a aquisição dos prémios é assegurada pela AT, podendo, para estes efeitos, ser estipulado um regime específico de contratação», especifica o Governo.






Partilhar
EM BAIXO: fatura
fatura

Pagamentos em atraso das Empresas Públicas aumentaram 59 milhões de euros
Principal responsável pelo aumento é a CP, cujos pagamentos em atraso aumentaram 74,1 milhões de euros
Crédito Agrícola avança com auditoria forense a pedido do BdP
Caixa de Coruche vai ser alvo de uma auditoria assim que termine a auditoria patrimonial e financeira que está atualmente em curso
Saúde reduz gastos e impulsiona setor empresarial do Estado
O relatório destaca que houve uma «redução significativa» desde o terceiro trimestre de 2013 das dívidas aos fornecedores
EM MANCHETE
Meco: famílias avançam com queixa contra procurador
Magistrado escreveu que o médico que atendeu João Gouveia fez um «mea culpa», mas a TVI não o viu nos documentos
Novos cortes podem entrar em vigor em setembro
Setor Empresarial do Estado reduz prejuízo no 1.º trimestre