logotipo tvi24

Fisco dá prémio por sorteio a quem pedir fatura

As faturas devem ter número de contribuinte e pertencerem a contribuintes sigulares

Por: Redacção    |   2013-10-15 21:52

O Executivo pretende receber autorização legislativa para lançar um sorteio para a atribuição de um prémio aos cidadãos que peçam fatura com número de identificação fiscal, segundo a proposta de Orçamento de Estado para 2014 entregue na Assembleia da República.

«Fica o Governo autorizado a aprovar um regime que institua e regulamente a elaboração de um sorteio específico para a atribuição de um prémio às pessoas singulares com um número de identificação fiscal associado a uma fatura comunicada» à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), lê-se no documento.

Segundo a proposta do Executivo, «a atribuição do prémio visa, em conjunto com outras medidas, a prevenção da fraude e evasão fiscais, valorizando a atuação dos cidadãos na exigência de fatura comprovativa da existência de uma operação tributável localizada em território nacional».

Quanto ao valor total dos prémios a atribuir, o mesmo «deve ficar legalmente estabelecido», em cada ano.

«O valor anual dos prémios deve ser suportado como despesa inscrita no Orçamento de Estado ou como abatimento à receita do IVA» e «a aquisição dos prémios é assegurada pela AT, podendo, para estes efeitos, ser estipulado um regime específico de contratação», especifica o Governo.






Partilhar
EM BAIXO: fatura
fatura

Três piscinas lusas entre as 10 melhores da Península Ibérica
Trivago elabora lista com base na avaliação dos utilizadores e nas visitas online
McDonalds em Macau deixa de importar carne de fábrica chinesa
Foi descoberta carne estragada na unidade
CGTP acredita que novos cortes serão chumbados pelo TC
Sindicalistas manifestaram-se esta manhã em frente ao Parlamento
EM MANCHETE
Portuguesa confessou que era procurada pela Interpol
Telma Garcia acusou amante que também está preso por suspeitas de envolvimento no crime ocorrida na Suíça
Notícia TVI: BES poderá recorrer à ajuda do Estado
Novos cortes nos salários aprovados na especialidade