Portuguesa voluntária na maior favela do mundo

Marta Baeta deu aulas três meses em Kibera, no Quénia
11 de Abril de 2013 às 22:18
Partilhar
A320: investigadores terão encontrado restos mortais de Andreas Lubitz

O jornal «Bild», citando fontes próximas da investigação, adianta que restos mortais foram identificados como sendo do copiloto através de testes de ADN. A análise aos restos mortais pode indicar se Lubitz consumiu medicamentos ou outras substâncias nas horas que antecederam o acidente.