«Esta Europa e esta União Económica e Monetária não nos servem» disse, sublinhando: «é na Europa que temos de vincar a nossa posição».









«Um estrondoso murro na mesa»







falar nestas eleições prejudica as legislativas

«A situação está madura para uma espécie de Abril do século XXI - sem fardas, mas com o legado do MFA [Movimento das Forças Armadas] bem presente na consciência de quem tem a arma do voto.»




«Há outros partidos no terreno, quer antigos, especificamente o PCP e o BE, e há outros novos que estão a surgir. Se, como se espera, o PS for o partido maioritário e não tiver maioria absoluta, mas mesmo que tenha, deve fazer alianças, mesmo que não sejam governativas, mas alianças baseadas em políticas.»




«Há 38 anos que andamos a ser governados por uma 'troika' interna que, dado o fracasso das suas políticas (sempre iguais no fundamental) já por três vezes recorreu a uma 'troika' externa - transformando Portugal num protetorado e lançando as suas populações mais frágeis, incluindo uma grande parte da classe média, para uma pobreza aviltante e/ou para a emigração.»