A Costa de Caparica (Almada) acolherá em agosto um festival de música, a juntar ao calendário de festivais de verão, mais virado para a produção musical portuguesa, com atenção dada à música lusófona e ao surf.

De acordo com a organização, o festival O Sol da Caparica decorrerá de 14 a 17 de agosto num recinto localizado próximo da praia de Santo António e de parques de campismo, que acolherá cerca de trinta bandas e DJ, repartidas por dois palcos.

Entre os artistas já anunciados estão os Buraka Som Sistema, os Deolinda, os Expensive Soul, o músico António Zambujo, a rapper Capicua, a cantora Rita Redshoes e o brasileiro Gabriel o Pensador.

No que toca à relação entre a música e o espaço onde o festival se realiza, a organização pretende que O Sol da Caparica concorra «positivamente e ao mesmo nível espacial com o Rock in Rio, em Lisboa, e com o Primavera Sound, no Porto, ambos referenciados como os dois eventos mais "bonitos" em termos paisagísticos».

O festival terá ainda em atenção o público familiar e infantil, com uma programação que contará com o apoio do festival Monstra - Cinema de Animação de Lisboa.

A criação do festival tinha já sido anunciada à agência Lusa em fevereiro passado pelo presidente da Câmara de Almada, Joaquim Judas, sublinhando o objetivo de valorizar a Costa de Caparica do ponto de vista turístico e minimizar os prejuízos provocados pelo mau tempo durante o inverno.