Portugal vai contribuir com 1 milhão de euros para o Trust Fund da Facilidade de Investimento da Vizinhança.

Trata-se de um fundo europeu cujo objectivo primordial passa por estabelecer como prioridade os sectores específicos da energia, transportes, combate a ameaças ambientais e desenvolvimento do sector privado, sobretudo no que diz respeito às pequenas e médias empresas.

«Pretende-se ainda combinar empréstimos a serem concedidos pelas instituições financeiras públicas europeias com doações concedidas pela União Europeia e contribuições directas dos Estados-membros, com o intuito de criar um efeito de alavancagem substancial, por via da criação deste Trust Fund», esclarece o comunicado do Conselho de Ministros.

O referido fundo será gerido pelo Banco Europeu de Investimento (BEI).