O filme de terror "The Conjuring 2 - A Evocação" foi retirado das salas de cinema em França depois de vários incidentes registados entre os espectadores. 

De acordo com o jornal francês Le Parisien, na base da decisão estiveram situações de mau comportamento demonstrados vários espectadores como gargalhadas e gritos histéricos e discussões violentas.

Um dos casos aconteceu na sala de cinema MK2, em Bastille, onde um desentendimento se transformou numa violenta discussão, depois de os espectadores se terem irritado com um grupo, que não parava de fazer barulho durante a transmissão do filme.

Também uma das principais cadeias de cinema do país, a UGC, optou por não transmitir o filme, decisão que foi classificada como uma "escolha editorial".

Tendo em conta os comportamentos registados, grande parte das salas de cinema francesas tomaram a iniciativa de retirar o filme de exibição e, em alguns locais, foi mesmo cancelado no próprio dia da estreia, para "garantir a segurança dos funcionários e dos clientes". 

Esta não é a primeira vez que o filme "The Conjuring 2 - A Evocação" dá que falar. Em junho, um homem morreu depois de se ter sentido mal no cinema, na Índia, durante a exibição do filme. O óbito foi declarado no hospital.

O primeiro filme da saga de terror estreou em 2013 e, em Portugal, foi visto por mais de cem mil pessoas.

"Atividade Paranormal" (2007), "Annabelle" (2014) e "Sinister - Entidade do Mal" (2012) foram outros filmes que originaram distúrbios entre os espectadores em França e também foram retirados de algumas salas de cinema, alegadamente por "questões de segurança".