O Governo de Macau lançou um concurso para uma quarta licença de serviços telefónicos móveis de terceira geração numa altura em que o território tem registados mais de 900 mil subscritores de telefonia móvel.

O concurso está aberto até 26 de Abril e as propostas serão abertas a 04 de Maio, decorrendo depois um período máximo de seis meses até à decisão final do Governo, explicou Chi Leong Hoi, subdirector dos Serviços de Regulação de Telecomunicações, escreve a Lusa.

O mesmo responsável disse também que Macau tem actualmente 220 mil subscritores de telefones móveis de terceira geração ou 25 por cento do total de subscritores, razão pela qual o Governo «entende que há ainda espaço para mais uma licença».

A quarta licença é concedida, tal como prevê a legislação em vigor, menos de dois anos depois de ter concedido as três primeiras já em funcionamento.

A Companhia de Telecomunicações de Macau (CTM), participada da Portugal Telecom, Hutchison e China Telecom são os actuais três operadores de terceira geração.

A CTM, Hutchison e Smartone possuem ainda licenças GSM cujo prazo de concessão se prolonga até 2012 - as duas primeiras - e 2016 - no caso da última companhia.

Chi Leong Hoi disse ainda que caso a licença de terceira geração agora em concurso seja atribuída à Smartone, então a companhia só poderá manter a licença de segunda geração também até 2012.