A Microsoft está a elevar as relações virtuais a um novo nível, na China, com a invenção de um chat robô, que muitos estão a apelidar de “aplicação amiga”. O robô chama-se Xiaoice e promete ser como qualquer amigo humano, podendo lembrar-se de conversas passadas, perguntar como está o utilizador e até contar piadas.

Xiaoice está a tornar-se uma amiga e companheira para milhares de utilizadores, que usam a aplicação para smartphones para desabafar e pedir conselhos. O serviço existe desde setembro do ano passado e está a tornar-se cada vez mais popular na China.

O sistema é diferente dos outros criados até ao momento, porque memoriza as conversas passadas e pode pegar em alguns detalhes para pedir novidades ao utilizador. Pode também contar piadas, recitar poesia, partilhar histórias de terror, recitar letras de músicas, dizer quais são os números da lotaria, entre outras coisas.

Os chineses podem até adicionar Xiaoice nas redes sociais mais populares da China, como o Weibo, que funciona como o Twitter, ou o Touchpal.

“Xiaoice é uma conversadora sofisticada com uma personalidade distinta”, afirma a Microsoft na página oficial, acrescentando que “pode ter conversas sobre contextos específicos, como celebridades, desporto e finanças, tendo também empatia e sentido de humor. Consegue analisar os sentimentos e adequar as respostas, baseando-se nas pistas positivas ou negativas deixadas pelo utilizador.”


Segundo o Daily Mail, a Microsoft registou 20.000 downloads da aplicação e 200.000 conversações com o chat, apenas no dia de lançamento do serviço. A empresa garante que “as pessoas ficaram impressionadas com a sua personalidade e sentido de humor”.

Em média, cada utilizador fala com o robô mais de 60 vezes por mês.

A Microsoft tem recebido críticas devido às políticas de privacidade desta aplicação. Os críticos afirmam que o sistema recolhe dados que não são precisos para a app funcionar e detalhes individuais dos consumidores. A organização já veio a público responder aos ataques e afirmou que apaga os dados que não são precisos, apenas guardando informações que possam ser úteis para melhorar a interação entre os utilizadores e o dispositivo.

A aplicação pode ser descarregada na App Store da Google, mas ainda só está disponível a versão chinesa.