Após ter admitido remover o programa Paint da futura atualização do sistema operativo Windows 10, milhares de utilizadores reagiram nas redes sociais contestando a intenção da Microsoft.

A empresa decidiu assim voltar atrás na decisão e veio a público garantir que o programa de aplicações gráficas irá continuar.

O Paint veio para ficar", anunciou a Microsoft.

No início desta semana, a empresa norte-americana de tecnologia tinha anunciado que a próxima atualização do sistema operativo iria acabar com o Microsoft Paint. Porém, o programa, que incorpora os sistemas operativos desde 1985, irá continuar disponível. Apenas "mudou de casa", segundo afirma a empresa.

Em nota enviada à comunicação social, a Microsoft garante que o programa não vai deixar de existir, já que "muitas das ferramentas do Paint que as pessoas conhecem e adoram – como a edição de fotografias ou a criação 2D" passarão a integrar o seu sucessor, o Paint 3D.

Quanto ao velho Paint, passará a estar disponível gratuitamente na Microsoft Store onde os utilizadores que não estejam preparados para a despedida terão apenas de fazer o seu download.