O Facebook aceitou comprar o Whatsapp por 11,6 mil milhões de euros em dinheiro e ações.

Do total, 2,9 mil milhões serão pagos em numerário e 727 mil euros em ações Facebook. O acordo também inclui 2,3 mil milhões ou mais em ações restritas para fundadores e funcionários do Whatsapp, durante quatro anos, com base na California Menlo Park, revelou o Facebook em comunicado.

«O WhatsApp está em vias de ligar mil milhões de pessoas. Os serviços que atingem este nível têm todos um valor incalculável», afirmou Mark Zuckerberg em comunicado.