Ao contrário da última versão dos veículos, estes carros estão instalados com um volante removível, um acelerador de pedal, bem como pedais de freio. 

No entanto, os protótipos estão instalados com o mesmo software que é usado pelos carros sem condutor do modelo Lexus RX450h, que serviu como base de investigação para um carro totalmente original. 

Urmson descreve o modelo, que já registou milhares de quilómetros de estrada, como uma "típica experiência de condução de qualquer americano com 75 anos". 

“Estamos ansiosos para ver como é que a comunidade percebe e interage com os veículos para descobrir desafios que são únicos para um veículo sem condutor- por exemplo onde é que o carro deve parar se o local destinado para estacionar estiver congestionado ou em construção. Nos próximos anos, gostaríamos de realizar pequenos projetos piloto com os nossos protótipos para aprender o que é que as pessoas gostariam de fazer com veículos como este.”

11 acidentes