Investigadores da Universidade de Vila Real vão lançar um portal na internet de previsões meteorológicas regionais baseadas num modelo atmosférico que pode prever a existência de condições propícias à ocorrência de incêndios, facilitando a prevenção e combate.

«Será uma forma de transferir o conhecimento científico para a sociedade, que poderá ser utilizado nas mais variadas atividades económicas», afirmou hoje, em comunicado à agência Lusa, Mário Gonzalez Pereira, investigador do Centro de Investigação e de Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB), da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

As informações que vão alimentar o site vão ser obtidas através do modelo «Weather Research and Forecasting» (WRF), um sistema de última geração de previsão numérica do tempo de meso escala (de 10 a 1000 quilómetros). Sistema indicado para fazer estimativas das condições meteorológicas a curto prazo, com 12 horas a três dias de antecedência.

«Pode prever inclusivamente a existência de condições meteorológicas propícias à ocorrência de fogos florestais, facilitando a prevenção, gestão e combate aos incêndios», acrescentou Mário Pereira.

Segundo a academia transmontana, «os resultados da previsão podem ser aplicados em todas as áreas de atividade onde as condições meteorológicas desempenham um papel fundamental».

Na agricultura e na construção, por exemplo, é possível adiar ou antecipar determinadas tarefas, como a rega, mediante a previsão de ocorrência de aguaceiros ou de períodos de seca.

O «WRF» permite prever o estado de tempo que se vai fazer sentir, com informação de dados como a temperatura, a humidade, o vento, a precipitação ou a pressão à superfície, permitindo respostas preventivas.

O portal na internet vai ser lançado em breve e disponibilizará informações sobre a região de Trás-os-Montes e Alto Douro.