logotipo tvi24

Universidade de Coimbra é das mais procuradas na Internet

«Há um esforço imenso para que o site seja interactivo»

Por: Redacção / CP    |   2009-01-23 12:51

A Universidade de Coimbra é a 14ª universidade europeia com maior visibilidade e presença na Internet e a 43º do mundo, segundo o mais recente ranking do International Education Directory of Colleges and Universities (4ICU), citado pela Lusa.

O ranking das 200 instituições de ensino superior em todo o mundo mais vistas na Web é estabelecido anualmente pelo 4ICU, com base na popularidade dos seus sites.

A selecção abrange 8.750 universidades classificadas em 200 países. Os indicadores são retirados dos motores de busca Google, Yahoo e Alexa, que permitem avaliar a popularidade do website de cada universidade.

As líderes europeias e mundiais

Apenas mais uma universidade portuguesa figura neste ranking, a Universidade do Porto, colocada em 54º lugar no Top 100 da Europa e em 169º lugar no Top 200 mundial.

As universidades europeias mais populares na Web são as de Cambridge e de Oxford (Reino Unido) e a Moscow State University (Rússia). Instituições de ensino superior dos Estados Unidos ocupam os primeiros sete lugares do ranking mundial, encabeçado pelo Massachusetts Institute of Technology.

É a primeira vez que a Universidade de Coimbra surge neste ranking e nunca antes Portugal tinha ocupado uma posição tão elevada.

Site até tem um canal Youtube

«Esta classificação é o corolário de um esforço persistente de colaboração com uma plataforma de dezenas de subgestores do site, cuja reestruturação ficou completa no final de 2007, passando a ser bilingue», disse à Lusa o vice-reitor da Universidade de Coimbra.

«Há um esforço imenso, para que o site seja interactivo, incluindo um canal Youtube, com possibilidade de comércio electrónico para a rede dos antigos estudantes», afirmou.

De acordo com a contabilidade interna da UC, o site é visto diariamente por cerca de 3.500 pessoas, estando aprovado com «boas práticas de segurança e fiabilidade» pela Associação Portuguesa de Certificação de Sites.

Partilhar
EM BAIXO: Queima das Fitas
Queima das Fitas

Um passeio no espaço em direto: veja como foi
Astronautas sairam da estação espacial para reparar computador avariado
Esqueçam as «selfies» vem aí os «dronies»
«Dronies» pretende ser uma versão melhorada do «#spaceselfie»
Campanha da polícia no Twitter não podia ter corrido pior
Era para fomentar a comunicação e a proximidade com a comunidade, mas o resultado esteve longe de ser o desejado