Jogo online gratuito ensina a criar negócios bem sucedidos

Jogo criado por um consórcio liderado pelo Núcleo de Investigação em Políticas Económicas da Universidade do Minho

Por: tvi24 / CLC    |   10 de Novembro de 2012 às 17:37
Um consórcio liderado pelo Núcleo de Investigação em Políticas Económicas da Universidade do Minho (UMinho) criou um jogo online gratuito para ensinar potenciais empreendedores a criarem negócios bem sucedidos, foi hoje anunciado.

«O principal objetivo deste projeto foi criar e desenvolver um jogo online realista, direcionado para potenciais empreendedores que pretendam adquirir conhecimentos na área do empreendedorismo, construir o seu próprio plano de negócios, avaliar o seu perfil de empreendedor e simular uma ideia de negócio num ambiente virtual», explicou o consórcio, em comunicado.

O jogo, criado no âmbito do projecto europeu «ENTRExplorer», apresenta vários cenários relacionados com o percurso que vai desde ideia de negócio até à criação da empresa, pondo em prática uma abordagem inovadora na utilização de métodos de educação/formação.

Os principais impactos esperados pelo consórcio são, por um lado, a promoção da utilização de tecnologias inovadoras de «elearning» para desenvolver competências e, por outro lado, o apoio a potenciais empresários na obtenção de conhecimentos e competências básicas para executarem os seus próprios negócios, aumentando o número de novas empresas em toda a Europa.

O consórcio responsável pelo desenvolvimento do projecto é liderado pelo Núcleo de Investigação em Políticas Económicas da Universidade do Minho, em colaboração com dois parceiros portugueses e três internacionais do Reino Unido, Áustria e Bulgária.

O lançamento oficial do jogo «ENTRExplorer» terá lugar na sexta-feira, no Parque de Exposições de Braga, integrado na Start Point-Feira Internacional de Emprego e Empreendedorismo, promovida por Braga 2012-Capital Europeia da Juventude.

O jogo está disponível em www.entrexplorer.com.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Internet (foto Reuters)
Internet (foto Reuters)

COMENTÁRIOS

PUB
Auditoria forense do Banco de Portugal revela que Salgado praticou atos de gestão ruinosa

Notícia avançada pelo Jornal de Negócios dá conta de que o antigo presidente executivo do BES desobedeceu pelo menos 21 vezes ao Banco de Portugal entre Dezembro de 2013 e Julho de 2014. Auditoria revela ainda que administração de Ricardo Salgado concedeu financiamentos violando as regras. No total, são 30 as infrações encontradas durante a auditoria