O Presidente da Turquia, Abdullah Gul, manifestou esta sexta-feira a sua oposição ao possível bloqueamento dos sites internacionais Facebook e Youtube, medida avançada pelo primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, numa entrevista televisiva.

«Plataformas como o Youtube e o Facebook são utilizadas em todo o mundo e bloqueá-las está totalmente fora de questão», disse Abdullah Gul, em declarações à comunicação social, divulgou o canal noticioso turco NTV.

«Só se alguém utilizar estas plataformas para atacar de forma criminosa a privacidade de alguém, se poderá bloquear com uma decisão judicial», acrescentou.