O Spotify, o serviço de streaming mais célebre, revelou na terça-feira que, a partir de agora, também será possível utilizar gratuitamente os seus serviços em tablets e smartphones.

Durante uma conferência de imprensa em Manhattan, nos Estados Unidos, Daniel Ek, co-fundador e administrador da empresa sueca, anunciou ainda um contrato exclusivo com a banda inglesa Led Zeppelin e a chegada do Spotify a vinte novos países.

De acordo com a CNN, Daniel Ek justificou a decisão de alargar o seu serviço gratuito com a evolução registada no consumo de música.

O Spotify tem atualmente cerca de seis milhões de subscritores, o que representa cerca de vinte por cento do total de utilizadores.

Até então, o regime de utilização gratuita do serviço, sujeita à inclusão de publicidade entre canções, era apenas acessível a partir de computadores. Os utilizadores de tablets terão agora o serviço disponível nas mesmas condições.

Já nos smartphones, a utilização gratuita do Spotify permitirá a escolha de autor ou banda, mas não de uma canção específica, o álbum da banda selecionada será ouvido de modo aleatório.

Esta alteração do Spotify surge também de uma vontade de se querer impor no mercado e fazer frente aos novos serviços como o Google Play Music All Access, o Apple`s iTunes Radio (apenas disponível nos Estados Unidos) ou o serviço de streaming do YouTube anunciado para 2014.