A Agência Internacional de Pesquisas sobre o Cancro (IARC), ligada a Organização Mundial de Saúde, anunciou esta quinta-feira que a poluição do ar exterior foi classificada como cancerígena.

«O ar que respiramos tem sido contaminado por uma mistura de substâncias que provoca cancro» declarou Kurt Straif da IARC.

«Agora sabemos que a contaminação do ar exterior não representa apenas um maior risco para a saúde em geral, mas também a principal causa das mortes por cancro».

O comunicado realça que, nos últimos anos, os níveis de exposição aumentaram significativamente em todo o mundo, especialmente em países como a China.

Os dados revelam ainda que, em 2010, mais de 223 mil pessoas morreram de cancro de pulmão por causa da poluição do ar.