Após um atraso de 24 horas, a agência espacial norte-americano lançou esta quarta-feira o seu primeiro satélite para medir na atmosfera os níveis de dióxido de carbono, o principal gás do efeito estufa, que contribui para o aquecimento global.

O foguete Delta 2, da empresa United Launch Alliance, que transporta o satélite OCO-2 (Observatório Orbital de Carbono - 2, sigla em inglês), foi lançado às 02:56, horário local (10:56 em Lisboa) da base aérea de Vanderberg, na Califórnia.

Na terça-feira, o lançamento tinha sido cancelado no último minuto devido a problemas na válvula do sistema de fluxo de água para a plataforma de lançamento.