Um grupo de hackers na Alemanha disse ter descoberto uma forma de falsificar o sensor de impressão digital do novo iPhone 5S. O grupo de hackers que reclama para si o mérito diz ter feito a proeza apenas com uma fotografia de uma impressão digital.

Os «piratas» explicam que fotografaram uma impressão digital numa superfície de vídeo e que depois a cortaram em forma de dedo falso que acabou por desbloquear o equipamento. A demonstração foi filmada em vídeo e colocada no YouTube.

«Nós esperamos que isto encerre finalmente as ilusões que as pessoas têm sobre as impressões biométricas. É muito estúpido usar algo que se pode mudar e que se deixa todos os dias em vários sítios como segurança», disse o porta-voz do grupo Chaos Computer Club.

A Apple foi já contactada pela CNN para comentar a alegada descoberta, mas não deu qualquer resposta.

A confirmar-se o «desbloqueamento falso» o grupo de hackers pode ganhar vários prémios que alguns sites especializados estão já a oferecer para os primeiros a conseguirem furar o novo sistema de segurança.

O nono botão home do novo iPhone 5S só deveria desbloquear com as impressões digitais registadas dos utilizadores, no entanto, e depois de vendidos nove milhões em três dias, há já vários vídeos a mostrarem o desbloqueio por animais e até por mamilos.