A Google apresentou um novo recurso para a sua aplicação «Street View». Com este novo avanço, o utilizador tem a capacidade de recuar no tempo e espreitar como o «Mundo» modificou. Mas só desde 2007.

Ao clicar em determinados locais, os utilizadores terão no canto superior esquerdo o ícone de um relógio, que caso seja escolhido, apresentará uma galeria de fotografias antigas referentes àquele espaço, desde que o «Street View» passou a registar os locais.

De acordo com o «The Guardian», a novidade foi disponibilizada na passada quarta-feira, mas ainda não está acessível a todos os usuários.

«Se já sonhou em ser um viajante do tempo como Doc Brown, esta é a sua chance. Reunimos imagens desde 2007, para criar uma cápsula do tempo», disse o gerente do «Google Street View», Vinay Shet.

«Agora com o «Street View», você pode ver o crescimento de um marco a partir do zero, como a Torre da Liberdade na cidade de Nova Iorque ou do estádio do mundial de 2014 em Fortaleza, no Brasil», explicou.

«Este novo recurso pode servir também como uma linha de tempo digital, da história recente, como as reconstruções que se efetivaram depois do devastador terramoto e tsunami de 2011 em Onagawa, no Japão», acrescentou.

A Google anunciou também recentemente que irá começar a utilizar um novo algoritmo capaz de conseguir ler os números das casa, relacionando posteriormente com os endereços reais. Desta forma, o «Street View» irá melhorar a precisão das suas informações.