Um zoo chinês divulgou fotos dos primeiros trigémeos panda recém-nascidos. Segundo a instituição, trata-se do primeiro trio do animal a sobreviver no mundo, o que foi classificado como um «milagre», dada a baixa natalidade dos pandas, segundo o «The Guardian».

A mãe, chamada Juxiao, deu à luz no dia 29 de julho, no Chimelong Safari Park, mas ficou muito cansada para cuidar dos filhotes após o parto. Por isso, os pequenos foram colocados em incubadoras enquanto a mãe recuperava forças.

Depois de recuperar as forças, os recém-nascidos voltaram para junto da mãe panda, mas uma equipa do zoológico, no entanto, mantém os animais sob constante vigilância.

«Foi um milagre para nós e os nascimentos superaram as nossas expectativas», disse o gerente do parque, Dong Guixin. «Têm apenas 15 dias. Mas viveram mais tempo do que qualquer outro trio até agora», acrescentou.

Segundo um funcionário da reserva nacional de Sichuan Wolong, os trigémeos ainda têm pouco tempo de vida para serem oficialmente reconhecidos como «sobreviventes», mas são os únicos trigémeos panda conhecidos vivos.

O zoológico revelou que os bebés panda nasceram com um peso entre 83 e 124 gramas e que eram ainda mais pequenos que a palma de uma mão.