Uns cientistas japoneses apresentaram, esta quinta-feira, um dispositivo para detectar o cancro da mama em casa da própria paciente.

Foram precisos oito anos de investigação no laboratório de Engenharia Médica de Newcat da Universidade de Nihon, no Japão, para finalizar o produto.

O aparelho é parecido com uma bola e é bastante pequeno. Ao entrar em contacto com o seio, o dispositivo detecta imediatamente uma possível acumulação de sangue, sintoma típico do tumor cancerígeno, explicou o professor Mineyuki Haruta.

O instrumento permitirá a prevenção do cancro da mama e sua detecção num estado inicial da doença. Falta apenas encontrar quem o queira financiar e produzir.

Os investigadores esperam poder vendê-lo por menos de 150 euros.