Melhor sítio para trabalhar fora dos EUA é Portugal

Pelo menos, na área da ciência

Por: tvi24 / CLC    |   29 de Março de 2012 às 15:37
 A Fundação Champalimaud foi eleita como o melhor sítio para trabalhar fora dos Estados Unidos num inquérito que envolveu 1.500 cientistas e cujos resultados foram publicados na revista «The Scientist».

Segundo nota da Fundação, a lista das instituições norte-americanas é liderada pelo «Whitehead Institute for Biomedical Research», em Cambridge, lugar que ocupa pelo segundo ano consecutivo.

Os inquiridos colocaram a Fundação Champalimaud na liderança das instituições internacionais, fora dos Estados Unidos.

Nesta tabela de instituições fora dos Estados Unidos a Fudação Champalimaud é seguida pelo «Institute of Molecular Biotechnology» e o «Center for Molecular Medicine», ambos em Viena (Áustria), o «Friedrich Miescher Institute for Biomedical Research», em Basel (Suíça) e a multinacional «Novartis Institute for Biomedical Research».
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Carne feita em laboratório (Foto Reuters)
Carne feita em laboratório (Foto Reuters)
COMENTÁRIOS

PUB
BES: «Não encostei uma pistola à cabeça de ninguém»

«Fala-se do buraco, do buraco, do buraco no meu mandato... Apresentem-me números». Ano e meio depois de sair, ex-presidente do BESA diz que a carteira de crédito cresceu ainda mais, com outros a liderar o banco. Quanto à garantia do Estado angolano, afirma que caiu por culpa do Banco de Portugal. Já sobre os créditos em si, assume a responsabilidade por tê-los pedido, mas quem autorizou foi o BES: «Não encostei uma pistola à cabeça de ninguém». Há alguma contradição nas suas explicações sobre onde é que, afinal, pára o dinheiro dos polémicos créditos que desapareceram