Um tribunal turco ordenou esta quarta-feira o fim do bloqueio à rede social Twitter, definido pelo primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, na passada quinta-feira, avança a AFP.

O tribunal administrativo de Ancara irá agora informar o regulador das telecomunicações, que deverá restabelecer o acesso à rede social nas próximas horas, informa a emissora NTV.

Na semana passada, o primeiro-ministro turco proibiu o uso da rede social depois de esta ter sido usada para o acusar de corrupção, publicando gravações de conversas em que o envolviam numa rede de subornos.

Erdogan, numa entrevista divulgada esta quarta-feira pela imprensa turca, afirmou que o bloqueio ao Twitter é um «assunto interno» e, reagindo às críticas internacionais, avisou a União Europeia a «preocupar-se com os seus próprios assuntos».