O Facebook quer criar um sistema de "teletransporte" até 2025. A ideia foi anunciada por  Mike Schroepfer, o diretor técnico da rede social, num evento referido pelo jornal  Business Insisder. No entanto, este não será o teletransporte tradicional, que estamos habituados a ver em filmes ou séries de ficção científica.

A ideia passa por oferecer aos utilizadores do Facebook uma experiência de realidade virtual, através de uma tecnologia que engane os sentidos humanos. Um sistema que possibilite construir o mundo como o conhecemos em tempo real e que permita, assim, que o utilizador pense que está num sítio qualquer, com quem quiser.
 “O Facebook quer construir um dispositivo que lhe permita estar em qualquer lugar que quiser, com qualquer pessoa, independentemente de fronteiras geográficas”, disse Schroepfer, segundo o Business Insider.

Para que a ideia se torne realidade, a empresa quer lançar já no próximo ano os aparelhos criados para experiências de realidade virtual: o Oculus Rift, que são "óculos" especiais que projetam as imagens, e o Oculus Touch, ferramentas de controlo que permitem ao utilizador interagir com os objetos. Os aparelhos ainda se encontram em fase de testes.

Outra das ferramentas desta tecnologia é o Medium, que permite ao utilizador esculpir objetos 3D.

Mas não bastam apenas imagens e sons para que o utilizador sinta que está noutro lugar. Por isso, o Facebook já está a criar um sistema que integra um sensor e uma câmara que capta expressões faciais. Com estes dois componentes, o dispositivo poderá imitar as expressões reais do utilizador. Assim, será possível, por exemplo, sentir um aperto de mão.