Até agora, a Google obrigava a que houvesse um convite para que alguém se pudesse inscrever no “Project Fi”, um serviço que liga os utilizadores às redes mais rápidas disponíveis numa dada localização, que pode ser uma rede Wi-fi ou uma ligação de dados oferecida por uma das parcerias.

Os clientes pagam um valor fixo para falar e enviar mensagens de e para qualquer sítio do globo sem qualquer limite, sendo possível pagar outro valor por cada gigabite de dados utilizados.

No entanto, a Google só cobra o que é usado, ou seja, se o plano é de 3GB mas o utilizador só usa 1.4GB, devolve o resto do dinheiro.

O projeto foi criado em abril, em parceria com as operadoras de telecomunicações Sprint Corp e T-Mobile U.S., e está agora aberto a todos os interessados em aderir, de acordo com uma mensagem publicada no blog oficial do Android.

Portugal é um dos 120 países que podem utilizar o serviço, que só está disponível para Nexus 6X, 5X e 6.