Durante muito tempo, acreditou-se que o uso de telemóveis e outros aparelhos durante o voo poderia interferir com os equipamentos eletrónicos do avião. Desde 2014 que as companhias passaram a permitir a utilização desses aparelhos, desde que ativado o “modo voo”. Mas o que é que acontece se não configurarmos os aparelhos nessa opção?

Naturalmente, isso não fará cair o avião até porque, até hoje, não há registo de nenhum acidente provocado por um desses dispositivos.

Mas, de acordo com os especialistas do site AirlineUpdates, se não ativada essa função, pode haver interferência na comunicação entre os rádios de bordo e o controlo do tráfego aéreo. Isso provoca um ruído semelhante ao que se ouve quando se aproxima um telemóvel de uma coluna de som. Isso pode representar perigo, se tivermos em conta que se podem perder avisos importantes emitidos pelos controladores aéreos para os pilotos. Quanto muito, esse ruído pode ser irritante para quem está no cockpit.

Talvez um aparelho não ativado no modo voo possa não fazer diferença, mas se 50 passageiros forem imprudentes, haverá 50 telefones constantemente à procura de sinal de rede, o que representa muita poluição sonora.