A Índia cancelou o serviço de envio de telegramas no país. O último a ser enviado foi no domingo e acabou com a prática de eleição dos indianos de comunicação à distância que durou mais de 160 anos.

Centenas de pessoas encheram os 75 postos de telégrafo no país para enviar os últimos telegramas a amigos e familiares.

De acordo com a Associated Press, Shameem Akhtar, gestor que controla os serviços de telegramas do país, disse que as folgas dos funcionários tiveram que ser canceladas para poderem enviar todos os telegramas no último dia.

A razão para o cancelamento, de acordo com a agência, está no facto de a procura ser cada vez menor e de se tratar de um dispositivo obsoleto.