O departamento de Educação de Taipé, o Centro de Inovação Americano e a empresa norte-americana Microsoft anunciaram hoje um programa de formação de um milhão de programadores informáticos em Taiwan num prazo de um ano.

O programa prevê que dentro de uma semana tenham início aulas com 1.400 turmas para um total de 43.200 estudantes em Taipé que irão sendo renovadas e ampliadas até atingirem um milhão de programadores, disse o representante da Microsoft na campanha, Larry Nelson, em comunicado.

Taiwan é um dos mais importantes fabricantes mundiais de equipamentos informáticos e eletrónicos e dispõe de vários centros privados e públicos de ensino de utilização de programas informáticos e de programação.

Os Governos de todo o mundo prestam atenção especial aos programas de treino em programação, já que não é apenas uma capacidade dos técnicos, mas também um importante indicador de emprego e competitividade nacional, acrescentou Larry Nelson.