Duas mulheres na Suécia inventaram um capacete invisível que pretende revolucionar o mundo do ciclismo. Funciona como um «airbag» e deixa de ser invisível após o indício de qualquer embate.

A dupla sueca, Anna Haupt e Terese Alstin, demorou sete anos a investigar, junto de um especialista, vários tipos de embates e de quedas de bicicleta para poderem adequar a invenção à realidade dos ciclistas.

As estudantes de design industrial, que inventaram o projeto em 2005, pensaram no capacete como um colar discreto que se transforma num capacete que cobre toda a cabeça em caso de acidente, escreve o «forbes.com».

As criadoras encaram agora o ceticismo de analistas de segurança e de muitos criadores de sistemas de «airbag» de carros com quem pretendem fazer parceria para desenvolver o produto. «Eles dizem-nos que é impossível», refere Haupt.