A Apple lançou, esta terça-feira, o serviço de streaming de música em mais 100 países, e Portugal está incluído. Durante os primeiros três meses, o utilizador pode usufruir gratuitamente do Apple Music, que entra assim na corrida ao crescente mercado de streaming no âmbito musical.

Em Portugal, este serviço tem o custo de 6,99 euros por mês para cada utilizador, sendo que para um conjunto de seis pessoas o custo é de 10,99 euros mensais.

O Apple Music oferece os primeiros três meses de utilização, com acesso a uma biblioteca com mais de 30 milhões de músicas, disponível para iPhone, iPad, iPod touch, Mac ou PC. O usuário pode ouvir música online ou simplesmente guardá-la para quando não estiver ligado à Internet.

É possível ainda ver vídeos partilhados através do Connect, onde artistas e fãs se podem encontrar. No Connect os artistas podem fazer o upload de músicas experimentais, fotos e vídeos. Através da função For You é possível receber listas de músicas personalizadas e álbuns, de acordo com as preferências musicais de cada um. Neste mesmo serviço estão incluídas estações de rádio, como a Beats 1.




Com o Spotify a liderar o mercado de streaming na música e o Google Play Music como forte adversário, o Apple Music surge assim na competição.

O lançamento oficial do serviço aconteceu às 11:00 na Califórnia (17:00 de Lisboa).  A versão para Android só vai estar disponível no próximo Outono.

Para começar a usar o Apple Music é necessário atualizar o iPhone, iPad ou iPod touch com iOS 8.4 – que é um update gratuito. O utilizador tem também de instalar a versão mais recente do iTunes no computador (OS X/Windows), que pode ser descarregada aqui.