A sonda Cassini autodestruiu-se esta sexta-feira ao entrar na atmosfera de Saturno, num procedimento controlado pela agência espacial norte-americana NASA. 

O aparelho ainda resistiu na atmosfera durante cerca de um minuto. O momento em que Cassini "mergulhou" no planeta foi transmitido em direto pela NASA, que o descrevey como o "Grand Finale". 

Assim, chegou ao fim uma missão de cerca de duas décadas.

Durante 13 anos, Cassini orbitou em torno de Saturno e deu a conhecer novos e importantes dados sobre o sexto planeta a contar do Sol.

Agora, como descreveu a NASA, Cassini "faz parte do planeta que estudou".