Cientistas australianos criaram um aparelho de utilização pessoal que irá ajudar os surfistas e mergulhadores a prevenir mais de 90% dos encontros com tubarões, revelou esta quinta-feira a imprensa local.



O aparelho criado por uma equipa do Instituto Oceanográfico da Universidade da Austrália Ocidental emite um forte campo eletrónico que interfere com o sistema dos tubarões, escreve o The Guardian.

Para testar a eficácia do aparelho, em ensaios feitos quer na Austrália quer na África do Sul, foram utilizadas duas plataformas com isco, uma das quais estava protegida com o novo aparelho, denominado Shark Shield.