O Spotify anunciou, na passada segunda-feira, que alcançou os 15 milhões de utilizadores que pagam pelo serviço de streaming de músicas. A empresa, que consiste num serviço de música digital que permite o acesso a milhões de canções, alcançou este valor antes do início deste ano.

«Antes de 2015 chegamos a 15 milhões de utilizadores que pagam e 60 milhões de utilizadores ativos», referiu a empresa num comunicado publicado na página da internet. Um quarto dos utilizadores utiliza a versão paga do serviço.

O Spotify tem sido fortemente criticada por muitos artistas que afirmam que o streaming lhes dá valores reduzidos e que a venda de discos é afetada pelo serviço. Em novembro de 2014, a cantora americana Taylor Swift retirou todas as suas músicas de serviço, no entanto o CEO da líder mundial de músicas online explica que 70% do volume de negócios é para pagamentos à indústria da música.

«A pirataria não dá um centavo aos artistas, zero, zero. O  Spotify pagou mais de 1,7 mil milhões de euros às gravadoras, editoras e sociedades de gestão de direitos autorais» desde que foi criada em 2008, explicou o CEO.