A avaliação aos centros de investigação portugueses atribuiu notas de «Excelente» e «Excecional» a 63 unidades que, por isso, irão receber cerca de 47 milhões de euros, revelou a secretária de Estado da Ciência.

O processo de avaliação de 322 centros de investigação começou em 2013 e, depois de atravessar duas fases, está agora a chegar ao final com a divulgação dos resultados: 11 unidades tiveram uma classificação de «Excecional», 42 obtiveram «Excelente», 104 «Muito bom» e outras 90 conseguiram a nota de «Bom».

A avaliação, que está a cargo da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), destina-se à atribuição de financiamento para os próximos cinco anos, para despesas correntes e atividades estratégicas, sendo que apenas as instituições com nota igual ou superior a «Bom» irão receber financiamento da FCT.

As 32 instituições que obtiveram «insuficiente» assim como as 33 com nota «Suficiente» não terão financiamento, refere a Lusa.