Uma equipa de médicos sul-africanos anunciou esta sexta-feira ter realizado o primeiro transplante de pénis bem-sucedido do mundo, três meses após a inovadora operação. Já antes, na China, foi tentada uma cirurgia do género, mas que acabou mal sucedida. 

O doente, de 21 anos,  sofreu uma amputação do pénis há três anos, após uma infeção causada por uma circuncisão mal feita numa cerimónia de iniciação tradicional africana. O homem ficou com apenas «um centímetro do pénis original», como noticia a BBC. 

Numa operação de nove horas, realizada no Hospital Tygerberg, na Cidade do Cabo, na África do Sul, o jovem recebeu o novo pénis de um dador morto a cuja família os médicos agradeceram.

Os médicos adiantaram ainda que o doente se encontra bem e feliz.

Antes da operação, colocou-se a questão ainda uma questão ética, já que não se tratava de um caso de vida ou de morte, como acontece nos transplantes de coração.