O "Micio", o primeiro satélite de telecomunicação quântica do mundo, já enviou os seus primeiros dados para o centro de controlo, em Pequim, avançou esta sexta-feira a agência oficial chinesa Xinhua.

Estes dados preliminares, com 202 megabytes e de "boa qualidade", foram recebidos às 11:56 (04:56 em Lisboa), pela estação de controlo remoto que o programa espacial chinês tem na localidade de Miyun, no norte de Pequim.

O satélite foi lançado na madrugada de terça-feira na China. O lançamento ocorreu a partir do centro de Jiuquan, no deserto de Gobi (noroeste do país).

A principal missão do satélite é tentar transmitir à Terra e receber a partir desta fotões quânticos, que em teoria não podem ser separados ou duplicados, o que pode ser a base para uma comunicação blindada a "hackers".

O aparelho vai girar em torno da Terra a cada 90 minutos e a uma altura de 500 quilómetros, numa órbita sincronizada com o sol.