O pirata informático Barnaby Jack morreu em São Francisco, na quinta-feira, aos 35 anos, a uma semana de discursar na conferência de segurança «Black Hat». As causas da morte ainda não foram reveladas.

De acordo com a Reuters, o pirata informático ia mostrar, na conferência em Las Vegas, como atacar implantes cardíacos remotamente. Jack garantiu que conseguia matar uma pessoa a uma distância de dez metros.

Barnaby ficou célebre por conseguir fazer máquinas multibanco cuspirem notas, um dos motivos pelos quais era recebido de pé em convenções de «hackers».

A comunidade de «hackers» mostrou-se chocada com a perda do colega, publicando vários testemunhos no Twitter e na rede social Microblogging.