A companhia robótica Cyberdyne mostrou, esta segunda-feira, em conferência de impresa, o seu novo fato «homem de ferro» destinado a ajudar pessoas com problemas de locomoção.

O «Robot Suit HAL» está ainda longe de ser um fato complete, mas representa já um avanço na junção entre a robótica e o ser humano. O novo equipamento recebeu o certificado da agência de segurança alemã.

Na conferência de imprensa, que decorreu no Japão, foi apresentada a extensão de metal que se pode colocar nas pernas e que é movida por sinais bioelétricos. O «fato» como ficou conhecido permite ajudar idosos e adultos com dificuldades de locomoção. O equipamento está a ser testado em hospitais japoneses e deverá também ficar disponível na Europa.