Os clientes do banco japonês Mitsubishi UFJ vão ser recebidos, a partir desta primavera, pelo robô NAO. Um pequeno androide com aptidões comunicativas, capaz de responder a perguntas básicas sobre os serviços da instituição.

O robô NAO mede 58 centímetros, fala 19 idiomas, consegue analisar a expressão facial e o comportamento dos clientes com os quais interage.

«Incorporando uma ferramenta como esta, podemos impulsionar a comunicação com os nossos clientes», explicou o banco japonês, segundo cita a agência EFE.  

O Mitsubishi UFJ vai incluir alguns robôs nas agências bancárias, em Tóquio. No entanto, a quantidade de androides que vão fazer parte da equipa de funcionários não foi ainda definida.

O NAO foi desenvolvido pela companhia francesa Aldebaran Robotics, filial da empresa de telecomunicações SoftBanK, e tem um custo aproximado de oito mil dólares.

O robô Pepper é outro exemplo do desenvolvimento tecnológico da empresa Aldebaran, que desde junho de 2014 começou a atender os clientes nas lojas do grupo SoftBank, na capital japonesa.